REDENÇÃO DO GURGUÉIA

Redenção do Gurguéia: Homem que confessou ter matado esposa já responde por crime de estupro
Ele foi preso no dia 25 de novembro de 2012, por volta de 8h30 em Redenção do Gurguéia após ter sido flagrado no quarto de uma adolescente.




Delegacia de Bom Jesus

Roberci Messias Quirino, 30 anos, acusado de assassinar Jacira Pereira do Rego a facadas no munícipio de Redenção do Gurguéia, responde a dois processos na Justiça pelo crime de estupro de vulnerável. Um aberto no ano de 2012, tendo como vítima uma adolescente de 13 anos, e o outro em 2013.

Em relação ao primeiro processo, o suspeito foi preso no dia 25 de novembro de 2012, por volta de 8h30, em Redenção do Gurguéia, por policiais miliares acusado de estuprar uma menina de 13 anos. Conforme consta nos autos, a mãe entrou no quarto da filha e flagrou o suspeito deitado na cama com a jovem. Em seguida, o pai da adolescente impediu que Roberci fugisse, enquanto a mãe acionava a Polícia Militar e o Conselho Tutelar.

No entanto, no dia 30 de novembro, o juiz Mário Soares de Alencar, concedeu liberdade ao acusado aplicando-lhe medidas cautelares. “Observo que o crime fora cometido mediante violência presumida, face ao suposto namoro entre a vítima e o acusado. Dessa forma, sem deixar de considerar a gravidade do crime supostamente cometido, observo ser possível a adoção de medida cautelar diversa da prisão para evitar a reiteração criminosa, sendo desnecessária, nesse momento, a prisão preventiva para resguardo da ordem pública, quando a novos crimes sexuais. A custódia cautelar poderia ocorrer em havendo descumprimento da medida imposta”, destacou.

Prisão preventiva

Com a liberdade provisória concedida, o acusado estava proibido de se aproximar da vítima ou de manter contato com ela e seus parentes por qualquer meio, dentre outras. Como descumpriu uma das medidas, a de comparecer à secretaria para justificar suas atividades, o Ministério Público pediu a decretação da prisão preventiva do suspeito, que foi acatada, no dia 13 de junho de 2018, pelo juiz Elvio Ibsen Barreto de Souza Coutinho.

Não há detalhes sobre o segundo processo, somente que a última movimentação aconteceu em novembro de 2018 e foi uma expedição de documento. 

CONFESSOU TER MATADO A ESPOSA

Roberci Messias Quirino, alegou em depoimento à Polícia Civil que praticou o crime após descobrir uma traição por meio de supostas mensagens no celular da vítima. De acordo com o delegado Jucier Santos, da Delegacia Regional de Bom
Jesus, o acusado detalhou o assassinato.

“Em depoimento, ele confessou tudo e nos relatou que viu algumas mensagens no celular de Jacira que revelavam uma traição. Em seguida, ele quebrou o celular da vítima e a mesma pegou um facão e cortou seu joelho, então, o acusado pegou o facão de Jacira e cortou o pescoço dela”, detalhou o delegado Jucier.

Ainda segundo informações do delegado Jucier, o acusado ainda contou que os dois moravam juntos há pouco tempo. “Ele justificou a prática do crime pelo fato de ter sido traído”, informou o delegado.

Entenda o caso

Uma jovem de 23 anos, identificada como Jacira Pereira do Rego, foi assassinada com golpes de facão na madrugada desta sexta-feira (18), por volta de 5h, no município de Redenção do Gurguéia. O companheiro da vítima, identificado como Roberci Messias Quirino, de 30 anos, confessou o crime à polícia.

De acordo com o soldado Marcos Antônio, do Grupamento de Polícia Militar de Redenção do Gurguéia, a PM tomou conhecimento do caso pelo próprio suspeito,que procurou o GPM e se entregou à polícia, confessando o crime que ocorreu na casa do pai dele no bairro Santo Antônio



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



REDENÇÃO DO GURGUÉIA  |   14/01/2021 10h38





REDENÇÃO DO GURGUÉIA  |   28/12/2020 08h47


REDENÇÃO DO GURGUÉIA  |   16/12/2020 16h36