PIAUÍ

Servidores da Saúde do Piauí suspendem greve após decisão judicial
A categoria havia iniciado a greve nesta quinta-feira (25) em todo o estado do Piauí.




Foto: Sindespi

Os servidores da saúde decidiram nesta sexta-feira (26), suspender a greve iniciada na quinta-feira (25), em todo o Piauí. O anúncio foi feito pelo Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Senatepi) e Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Estado do Piauí (Sindespi) por meio de nota.


De acordo com o comunicado, os profissionais encerraram a greve após o desembargador Brandão de Carvalho determinar a suspensão do movimento. Em sua decisão, o desembargador determinou “a proibição de paralisação das categoriais dos profissionais de saúde do Estado do Piauí, a fim que cumpram integralmente, sem qualquer restrição, o seu dever legal de exercer as atividades próprias dos cargos que ocupam, suspendendo-se o movimento ora impugnado, sob pena de cominação de multa diária no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais)”, diz trecho da decisão.


Ainda de acordo com o comunicado dos servidores, o fato do governador Wellington Dias ter decretado ponto facultativo nesta sexta-feira e lockdown no final de semana tornou inviável a realização de uma Assembleia Geral e a suspensão da greve teve que ser realizada de maneira imediata, cumprindo a decisão judicial.


A categoria ressaltou, no entanto, que uma mobilização continuará sendo realizada na busca da efetivação dos direitos dos servidores públicos da Saúde do Piauí.


Confira a nota na íntegra logo abaixo.



Galeria de Fotos:





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM