BOM JESUS

Acusado de matar esposa a facadas em Bom Jesus vira réu na Justiça
O juiz Elvio Ibsen Barreto de Souza Coutinho, da Vara Única da Comarca de Bom Jesus, recebeu denúncia do Ministério Público do Piauí (MPPI) contra Paulino da Silva Rodrigues.




Imagem meramente ilustrativa

O juiz Elvio Ibsen Barreto de Souza Coutinho, da Vara Única da Comarca de Bom Jesus, recebeu no dia 24 de setembro, a denúncia do Ministério Público do Piauí (MPPI) contra Paulino da Silva Rodrigues, acusado de assassinar sua esposa Mirian Silva de Santana, a facadas, e tentar asfixiar até a morte sua filha de apenas 4 anos de idade dentro de casa em Bom Jesus.
 
 
O magistrado determinou a citação pessoal do acusado, para responder à acusação por escrito, no prazo de 10 dias. Assim, deve constar no mandado a advertência de que, na resposta, poderá arguir preliminares e alegar tudo o que interessar à sua defesa, como oferecer documentos e justificações, especificar as provas pretendidas e incluir testemunhas.
 
 
Tentou matar a filha


A Polícia Civil do Piauí coletou o depoimento de Paulino da Silva Rodrigues. Além do feminícidio, o suspeito tentou asfixiar a própria filha de 4 anos, que presenciou sua mãe sendo assassinada. Ele se recusou a confessar o crime e não demonstrou arrependimento durante o interrogatório.


O acusado negou ainda que tentou matar a filha asfixiada. “Durante o processo das perguntas, ele somente gemeu como se estivesse com dor, mas ele não mostrou nenhum arrependimento de nada e também não confessou o crime e depois somente ficou em silêncio. A criança de fato sofreu a tentativa de asfixia e foi confirmado que a menina sofreu essa tentativa de sufocamento”, detalhou o delegado Jucier dos Santos.


Entenda o caso


Miriam da Silva Rodrigues, de 27 anos, foi brutalmente assassinada com várias facadas na tarde de 08 de setembro, por volta de 15h dentro de casa no Loteamento do Mérito, no município de Bom Jesus, no Sul do Piauí.
Segundo a Polícia Militar, populares da localidade acionaram os policiais, que ao realizarem diligências, conseguiram localizar o suspeito e o encaminharam para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Bom Jesus.


Após sofrer as facadas, a jovem foi encaminhada ao Hospital Regional de Bom Jesus, onde já chegou sem vida. Ela trabalhava como vendedora no município.
 

 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM